sábado, 9 de junho de 2012

Gol da Especulação Imobiliária F. C. - Por Luiz Domingues


Com a proximidade do início da Copa Mundo no Brasil em 2014, não são apenas as falcatruas envolvendo licitações suspeitas em estádios faraônicos que assombram o bolso do cidadão brasileiro.

Verifica-se uma alta absurda nos preços dos imóveis, tanto para locação, quanto vendas.

Qual o motivo dessa escalada sem precedentes ?

Primeiro devemos levar em conta a ingerência arrogante da FIFA, com seu caderno de encargos, que geralmente atropela a soberania nacional de qualquer país, pisando em suas respectivas constituições.

Outro ponto importante, é a questão dos patrocinadores que vem juntos com essa instituição antipática. Com tanto rabo preso, fica difícil imaginar que não hajam manipulações, vide a polêmica em torno da venda de bebidas alcoólicas nos estádios.


Sem a menor cerimônia, assistiremos a desmoralização da Lei Seca no Trânsito e também em relação às medidas de segurança no tocante às brigas entre torcedores. Afinal de contas, a FIFA tem como seu braço direito, uma cervejaria americana poderosa...

Em relação às obras públicas, inicialmente são atribuídas à rede de serviços e locomoção aos estádios onde se disputarão as partidas, mas a verdade é que causam um estrago ao ambiente social, em detrimento da maquiagem prometida.

Grandes áreas são desapropriadas para a criação de avenidas. Num primeiro instante, parece algo que seria positivamente agregado ao espaço urbano, portanto um benefício para a população que ali reside. Contudo, relatos vindos de todas as cidades onde estão sendo feitas obras, dão conta de que as pessoas estão perdendo seus imóveis por preços inaceitáveis e "convidadas" a se virar, com sua própria sorte lançada.


Recentemente, uma pessoa ligada ao comitê de organização da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, veio à São Paulo lançar um livro onde faz pesadas denúncias sobre esses fatores e alerta o povo brasileiro sobre o perigo que essa ilusão de
Copa do Mundo pode nos proporcionar.

Receio que seja tarde demais e o estrago já esteja em curso...

Há relatos por exemplo, de que milhares de pessoas pobres foram desalojadas de suas casas no centro da cidade de Cape Town, e colocadas em habitações desumanas, feitas de latão (um inferno no verão e um gelo no inverno), denominadas "Blikkiesdorp". Nada mais apropriado para intitular, pois parece campo de concentração nazista.

Acompanhando todas essas anomalias, temos outro ponto cruel : A especulação imobiliária. Recentes pesquisas deram conta que o efeito "Copa" triplicou os preços dos imóveis no Brasil inteiro. E não importa se você mora numa aprazível cidade interiorana, distante milhares de KMs de uma cidade-sede onde acontecerão os jogos.

Aquela casa que você sonhava adquirir para morar com sua família e que valia 50 mil reais, agora vale 150 mil e fim de papo para o monstrengo especulador.


Claro, o apetite do monstrinho é insaciável e à medida que 2014 se aproxima, vai subir muito mais.

Portanto, por conta de sediarmos jogos como Zambia x Emirados Árabes ou Honduras x Nova Zelândia, esses grandes "clássicos" do futebol mundial, veremos bilhões de reais voarem dos cofres públicos, diversas intervenções urbanas gerando transtornos para milhares de pessoas e a especulação imobiliária se tornando de fato, a grande campeã mundial do oportunismo.

Matéria publicada inicialmente no Blog Planet Polêmica, e republicada no Blog Pedro da Veiga, ambas em 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário