terça-feira, 8 de maio de 2012

E Agora, Tio Sam ? - Por Luiz Domingues


Militares americanos deixam o Iraque após nove anos de guerra - 18/12/2011 - Lucas Jackson/Reuters

No dia 18 de dezembro de 2011, uma notícia saiu na grande mídia, quase despercebidamente : saíram do território iraquiano as últimas tropas do exército americano.

A última coluna em debandada, continha cerca de 100 veículos militares MRAP, com um contingente de 500 soldados yankees. Missão cumprida, na concepção do US Army...

Qual o saldo dessa intervenção iniciada em 2003? Milhares de pessoas mortas, um país em escombros e uma estrutura sócio-política sob frangalhos em meio à disputa histórica de facções nada amistosas entre si, como curdos, xiitas e sunitas.

A motivação inicial da intervenção era uma farsa, sabemos disso hoje em dia. O Iraque de Saddam Husseim não tinha armas químicas como Bush & Cia. vociferaram. 

A questão agora não é julgar os mandos e desmandos de George W.Bush, mas a comunidade internacional deveria se interessar em saber como ficará o Iraque após essa destruição toda ?

Ficará à mercê de sua sorte? Entrará num processo de revolução civil perpetrado pelas etnias que lutam pelo poder ?

Quem se responsabiliza por sua reconstrução, garantias civis, apoio ao seu frágil sistema político, reestruturação das instituições públicas etc? E como se não bastassem esses problemas internos gravíssimos, o Iraque assiste seus vizinhos mergulhados em revoluções populares, queda de ditadores e para piorar, o sempre belicoso Irã, seu vizinho de fronteira, costumeiramente sinalizando medidas fundamentalistas duras.
Quando Bush ordenou a invasão, dizia quase cinicamente que aquilo era benéfico ao povo iraquiano, para instituir a democracia no Iraque. Obama cumpriu a sua palavra em retirar as tropas, mas ambos deixam o povo iraquiano sem a principal resposta que gostariam de obter: E agora, Tio Sam... como ficamos ?

Matéria publicada com exclusividade no Blog Pedro da Veiga em 2011.

2 comentários:

  1. Realmente muito bom o texto e ótimo ponto de vista, esse é o lado da moeda que nunca é mostrado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pela visita ao meu Blog e postagem de comentário !

      Essa matéria foi publicada em 2012, e quantas coisas aconteceram a mais nesse ínterim, agravando e muito a situação no Oriente Médio...

      E como bem observou, esse lado da moeda nunca é mostrado às claras para todos.

      Visite sempre o Blog, fiquei contente com sua participação !!

      Excluir